10 pratos da culinária nordestina

A culinária nordestina, muito peculiar com seus sabor marcante e ingredientes variados, teve influência das culturas africana, portuguesa e indígena.

O nosso país é grande, tanto em extensão como em cultura, fato esse que tem atraído a atenção de inúmeros turistas interessados em conhecer as belas paisagens naturais. Entretanto, outro item que tem atraído muitas pessoas, se refere aos pratos típicos das culinárias locais.

E quando falamos disso, é impossível não se lembrar de uma região do Brasil que se destaca tanto pelos lugares paradisíacos como pelas iguarias gastronômicas. O nordeste foi fortemente influenciado na culinária pela mistura das culturas africana, indígena e portuguesa, além das condições econômicas e geográficas.

Ingredientes, temperos e acompanhamentos

Pela influência dos índios, os ingredientes mais utilizados pelos nordestinos no preparo de seus pratos são os vegetais, uma vez que os índios utilizavam sua própria plantação. Além disso, ainda há variações nas receitas, que levam peixes, frutos do mar e outras carnes bovinas e caprinas.

Mesmo com receitas sempre muito apimentadas, de sabor marcante e muitas calorias é importante ressaltar que as influências mudam muito de um Estado para outro. Um exemplo claro disso é o da culinária africana, que é muito mais comum na parte da Bahia e Pernambuco. Já o Maranhão preserva mais a culinária portuguesa, com pratos mais picantes que nos demais Estados.

Apesar dessas variações, algumas receitas são comuns em toda a região nordestina. Deliciosas, de sabor acentuado, fazem parte da culinária local. São elas:

  1. Baião de Dois: Feito com feijão e arroz. Além desses ingredientes, o mesmo possui ainda outros como carne seca, manteiga da terra, nata e queijo coalho.
  2. Acarajé: Frito no azeite de dendê, o bolinho é feito com feijões brancos e com cebola, com recheios de pimenta vermelha e camarões.
  3. Tapioca: Consumida no país inteiro, a tapioca nordestina é feita com uma massa de mandioca criada pelos tupis guaranis. Pode ser consumida com recheio salgado, doce ou pura.
  4. Vatapá: É um creme normalmente feito de pão, farinha de fubá ou rosca, castanha de caju, camarão, leite de coco, pimenta, azeite de dendê e amendoim. É servido como um recheio, com consistência de um creme.
  5. Moqueca: Basicamente, consiste em peixe cozido no azeite de dendê, com coentro, pimenta e leite de coco.
  6. Carne de Sol: Normalmente é consumida com pirão, que é feito de farinha de mandioca, leite, coalhada e manteiga.
  7. Buchada de bode: É feito do estômago ou das tripas de bode, sendo sempre bem lavado e recheado com as vísceras. O tempero leva alho, cebola, sal, louro, coentro, pimenta-do-reino e cheiro verde. Para acompanhamento, é servido um molho bem apimentado.
  8. Mugunzá: Feito de canjica, é um doce que leva leite de coco ou outro, canela em pó, cravo da índia e açúcar.
  9. Macaxeira: É também conhecida em outras regiões brasileiras como aipim ou mandioca, a macaxeira pode levar diversos acompanhamentos, tudo ao gosto da pessoa que o consome.
  10. Cururu: Seu preparo é feito com camarão, azeite de dendê, quiabo e outros temperos, misturando-o na farinha de mandioca e no caldo.

Quer conhecer essas e tantas outras iguarias nordestinas? O Candeias, maior clube de turismo programado oferece o melhor em hospedagem para você e sua família. Entre no site http://www.candeias.com.br/ e confira. São inúmeras opções de destino para você escolher e se deliciar durante a sua estadia. 


Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?