Conheça Pelotas: a bela Princesa do Sul

Com tradição doceira e e herança cultural portuguesa, a Princesa do Sul é uma cidade maravilhosa e acolhedora que vale a pena visitar!

A cidade de Pelotas é a terceira maior cidade do estado do Rio Grande do Sul em termos de população, possuindo aproximadamente 345 mil habitantes. Encontra-se a 261 km da capital do estado, Porto Alegre.

Mais conhecida como Princesa do Sul, devido a seu grande desenvolvimento na cultura, política e economia do estado. É considerada uma das cidades mais importantes da região, por causa da produção e comércio do charque, enriquecendo a história econômica da cidade.

Também conhecida por suas doçarias tradicionais, todos os anos, Pelotas recebe muitos turistas para a feira nacional do doce, a Fenadoce. Uma feira com maravilhosos doces que atraem milhares de pessoas para a cidade. Este ano, a feira acontece de 30/05 à 17/06.

A cultura portuguesa faz parte da história do município, em decorrência da imigração, sendo a principal ocorrida na região. Por isso a cidade possui grande influência portuguesa, não só na culinária, mas também na arquitetura.

Atrações turísticas

O município é rico em monumentos e agracia seus moradores e visitantes com lindas paisagens, já foi cenário de séries, como “A casa das sete mulheres”. A Princesa do Sul possui também 23 museus, proporcionando muita cultura a quem tem o privilégio de desfrutar os prazeres lá oferecidos.

O Museu da Baronesa está na lista dos mais visitados na cidade. Isso se dá graças a sua rica cultura sobre o cotidiano dos tempos passados, fazendo seus visitantes refletirem através da arquitetura, objetos, móveis e vestimentas que fazem parte da exposição do museu. Vale a pena investir um tempo neste local que pode ser considerado um acervo histórico.

Outro museu que deve ser visitado, fazendo jus à cultura do doce que existe na cidade, é o Museu do Doce, que está em um importante e antigo casarão histórico. O local conta com uma incrível arquitetura que merece ser admirada. Foi criado com o objetivo de manter sempre viva a tradição do doce que faz parte da história local, mostrando o doce como uma memória da região e toda a sua evolução através dos tempos.

Um grande destaque do museu é a acessibilidade aos deficientes visuais, pois conta com réplicas artificiais de doces, em formas e tamanhos reais, com riqueza de detalhes, para que possam ser tocadas, facilitando o melhor entendimento aos que não o podem ver e aproximando todos os visitantes da história doceira.

Pelo Centro Histórico da cidade, se destaca na paisagem o Grande Hotel, atualmente, como sede do curso de hotelaria da UFPel (Universidade Federal de Pelotas). É um ícone da história de glamour de Pelotas, que proporciona uma viagem ao passado, ao ser observada a beleza luxuosa de sua arquitetura de época.

Próximo destino

Planeje a sua viagem com conforto e qualidade. O Clube Candeias tem o melhor em hospedagem para você e sua família. Torne-se um associado para desfrutar de ofertas exclusivas. Clique aqui e saiba mais.


Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?