Pescaria em Corumbá: as delícias da pesca no Pantanal

Corumbá é um convite aos amantes da pescaria, que querem viajar com sua família, para desfrutar de tranquilidade em meio a Natureza.

Já pensou em conhecer de perto as belezas do Pantanal e ainda se divertir com a pesca esportiva?

Uma das principais cidades é Corumbá, no Mato Grosso do Sul. Não é à toa que todo ano, a região recebe diversos visitantes e tem mais de 250 espécies de peixes diferentes.

Que tal reunir a família e se programar para começar a aventura?

A pesca esportiva é uma das principais atrações da região, e Corumbá é o destino ideal para quem precisa tirar férias para descansar, relaxar, e renovar as energias. Seja por lazer ou para aprimorar as habilidades, o período de pesca esportiva é permitido entre os dias 1º de março até 5 de novembro das 5h30 às 18h.
 
Paisagens deslumbrantes fazem parte do cenário, e na região existem diversos tipos de peixes. Entre as principais espécies de couro estão o Jaú, que é considerado o maior peixe da bacia da Prata e pode alcançar até 1,5 m de comprimento e pesar até 100 kg. Outro comum é o pintado, que tem coloração cinza-azulada e pontos pretos espalhados pelo corpo, e acredite: pode chegar até 1,5 m de comprimento.
 
A região tem o peixe de couro Barbado, que não cresce tanto e tem o peso médio entre 3 a 5 kg, e a espécie Jurupoca, que pesa, em média, 5 kg e tem aproximadamente 0,5 de comprimento.
 
Além dos peixes em couro, Corumbá reúne os de escama, como o Dourado, que é o maior e pode chegar a pesar 15 kg e tem cerca de 1m de comprimento .Outra espécie de peixe em escama é o Pacu, que pode pesar até 10 Kg e tem 0,8 m de comprimento, sendo muito conhecido, por ter uma carne saborosa, e também tem o Piauçu, tem uma coloração bem variada: nadadeiras em tons amarelados e a coloração cinza escuro.

Programe-se:

A melhor época para a sua aventura é de março a abril, pois os rios alcançam o seu maior nível e a região tem poucos turistas, o que favorece a pesca e a tranquilidade. O clima também é ótimo, pois a temperatura média varia entre 32 a 42 graus. Outro período bom para pesca é junho a julho, em que o Rio Paraguai está mais baixo e isso facilita a pesca do peixe Jaú, Pintado e também o famoso Surubim. O nível mais baixo do rio ocorre entre agosto e setembro, e nesta época é mais fácil fisgar o Pacu.
 
Durante a sua viagem não se esqueça de usar camisas de tecido leve e, preferencialmente, que sejam de manga comprida, agasalhos para suportar as frentes frias que ocorrem entre maio a agosto, protetores de nuca, chapéu ou boné para proteção dos raios solares, capa de chuva, óculos polarizados e itens como câmera, para registrar cada espécie de peixe fisgada. Outra dica é se vacinar contra a febre amarela.
 
Para curtir cada momento em Corumbá, conte com a Rede Candeias, que tem as melhores hospedagens, e tem unidade própria na cidade. Está localizada de forma estratégica nas margens do Rio Paraguai com uma estrutura completa para você e sua família.
 
Para saber mais é só acessar: https://www.clubecandeias.com/.

Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?