7 lugares brasileiros para praticar mergulho

A disponibilidade de diversas praias pelo litoral do Brasil torna a combinação do verão com as férias um atrativo para atividades aquáticas. Um exemplo muito procurado é a prática do mergulho, que pode ser realizada pelas mais variadas idades e níveis de conhecimento.

Seja para mergulhar em grandes profundidades ou em águas rasas (snorkelling), o que não faltam são opções no País. E, caso exista o medo de se aventurar nessa nova atividade, sempre pode ser encontrada a opção de realizar a prática guiada por um profissional do mergulho. O que não pode é perder essa oportunidade de diversão, aprendizado e relaxamento!

Listamos sete lugares brasileiros para realizar mergulho e seus principais destaques, com opções para a prática em água doce e salgada. É recreação para toda a família!

1. Bombinhas (SC)

A vida marinha de Bombinhas é um convite para conhecer ouriços, tartarugas e outras espécies da Mata Atlântica. Além de toda essa biodiversidade é possível também se impressionar com outros aspectos do cenário. Prova disso é poder mergulhar pelo Navio Orion, naufragado na Ilha do Macuco desde 1912 e utilizado como refúgio para peixes e corais.

2. Bonito (MS)

Um dos principais atrativos para visitar Bonito é mergulhar em suas águas doces e a cidade não poderia ficar de fora da lista. A cidade possui cavernas inundadas, rios e lagoas disponíveis para os mais variados níveis de dificuldade. Entre os destaques para realizar mergulho estão a Gruta do Mimoso, a Lagoa Misteriosa e a nascente do Rio Formoso.

3. Natal (RN)

Além das dunas e praias de tirar o fôlego, a prática de mergulho também é um ponto forte de Natal. Prova disso é que a cidade possui um Centro de Mergulho, com nivelamento de turmas e opções de ensino para os diferentes níveis de experiência. Nos arredores de Natal, se destaca a Praia de Maracajaú com suas piscinas naturais e águas cristalinas.

4. Garopaba (SC)

Um dos melhores pontos de mergulho de Santa Catarina está em Garopaba. Na Ilha do Arvoredo é possível realizar a prática com o auxílio de um profissional e descer até 18 metros de profundidade. Uma dica é se programar para o período de julho a novembro, conhecido pelo aparecimento das baleias na região.

5. Florianópolis (SC)

Quem programa a viagem para Florianópolis e se decepciona com o tempo nublado, sabe que existe um mundo de possibilidades embaixo d’água, e o melhor, que pode ser visitado em qualquer época do ano! Um exemplo é a Praia dos Ingleses, que a 100 metros da costa, abriga um navio naufragado do século 17, disponível até para mergulhadores iniciantes pela baixa profundidade.

6. Guaratuba (PR)

A biodiversidade marinha de Guaratuba surpreende com a presença de cavalos-marinhos, tartarugas e os mais variados peixes. Dentro do arquipélago localizado entre as praias de Caiobá e Guaratuba se destacam para a prática de mergulho a Ilha dos Currais e a Ilha de Itacolomis, com profundidade de até 16 metros e acesso por barco.

7. Ubatuba (SP)

O acesso disponível apenas por trilhas e embarcações à muitas praias de Ubatuba torna a prática de mergulho um grande atrativo pela preservação. São quase 100 quilômetros de costa e muitas ilhas disponíveis para atividades aquáticas. Ao todo a praia conta com 50 pontos de mergulho e possui escolas prontas para especializar quem deseja realizar mergulho autônomo.

Hospedagem de qualidade

Nada melhor que aproveitar um dia de mergulho e poder contar com uma hospedagem de confiança. Em todas as localidades apresentadas existe uma unidade própria do Clube Candeias pronta para oferecer a melhor experiência. É o maior clube de férias do mundo com a garantia de melhor preço, sem período de carência e atendimento personalizado.

Para conferir algumas das mais de 30 unidades próprias e programar a próxima viagem clique aqui.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?