Baía de Todos os Santos: um pedaço do paraíso para aproveitar as férias

A Baía de Todos os Santos é um acidente geográfico localizado no Estado da Bahia e chamada por muitas pessoas de pedacinho de paraíso. Anualmente, recebe muitos turistas atraídos por suas belezas naturais. São 1233 km2 e é a maior baía do Brasil e a segunda maior do mundo.

As 56 ilhas que fazem parte dela também são roteiros turísticos muito procurados em qualquer época do ano e é o destino preferido de quem ama praias paradisíacas.

Abaixo confira alguns lugares para visitar na Baía de Todos os Santos:

Porto da Barra, Salvador

Em 2007, Porto da Barra foi considerada a terceira melhor praia do mundo pelo jornal inglês The Guardian. A principal característica de Porto da Barra é o mar tranquilo e de águas transparentes, ideal para famílias com crianças pelas ondas serenas e ótimas para mergulhar. A infraestrutura é muito boa com variedade de hotéis, bares e restaurantes. E quem praticar mergulho pode ainda se deparar com cinco navios naufragados. Os adeptos do stand up paddle também garantem bons momentos de diversão.

Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, Ilha dos Frades

Chama atenção a mata nativa que cerca a praia de águas serenas, cristalinas e mornas. É pequena e conta com somente 385 metros de extensão. No entanto, sua beleza é tanta que, nos finais de semana de verão, chega a receber milhares de turistas. Uma atração muito visitada é o mirante, que presenteia os turistas com um visual privilegiado. O farol também oferece um panorama imperdível.

Ponta do Garcez, Jaguaripe

Um paraíso de 18 quilômetros de areias branquinhas, mata nativa e águas cristalinas. A Ponta do Garcez é quase intocada e o destaque fica para a gastronomia local dos restaurantes que estão na área central. Por suas características é muito procurada por turistas praticantes de meditação.

Cacha-Pregos, localizada entre a Ilha de Itaparica e o Recôncavo

A praia fica na ponta da ilha, com muito verde e belas paisagens. É preciso ter cuidado com a correnteza, apesar das águas não formarem muitas ondas. Se o visitante procura paz, deve evitar ir no verão quando o público aumenta de forma considerável. Na baixa temporada, a Cacha-Pregos quase não recebe turistas. A culinária também chama atenção. A moqueca de camarão é muito saborosa e faz sucesso por lá.

Loreto, Ilha dos Frades

O verde é o grande diferencial já que uma boa parte da mata atlântica preservada faz parte da paisagem e promove um visual encantador. A igreja de Nossa Senhora do Loreto está localizada em um ponto pitoresco e único na Ilha dos Frades, bem defronte à Baía de Todos os Santos. Os praticantes costumam procurar Loreto para a prática de esportes náuticos, mergulhos ou simplesmente relaxar.

Ponta de Areia, Ilha de Itaparica

Perfeita para famílias, já que o mar é sereno, quase uma piscina natural. Quem gosta de movimento e agito vai adorar ir no verão. Na baixa temporada e estação das chuvas, a praia fica tranquila, perfeita para quem deseja descansar. A culinária de frutos do mar é a especialidade dos restaurantes de Ponta de Areia.

Ponta do Souza, Maragogipe

A paisagem é um pouco diferente nesta praia fluvial que, no verão, recebe muitos visitantes locais e turistas. Mata e manguezal formam o visual pitoresco e as águas do Rio Paraguaçu passam pela influência das marés. Os nativos vivem da pesca dos mariscos. Há alguma infraestrutura com quiosques e recomenda-se levar saquinhos de lixo para promover a limpeza da praia e das águas.

Hospedagem de qualidade

Ser sócio do Clube Candeias é garantir para sempre as melhores férias da sua vida e da sua família. E se você quiser ir mais longe, não tem problema. A rede integrada do Clube Candeias conta com excelentes preços e com mais de 500 mil opções em hospedagens ao redor do mundo. A rede de atendimento é top e oferece o suporte necessário do início ao fim da sua viagem. Clique aqui e saiba mais.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?