Como ficarão as viagens em 2022?

As viagens, bem como o turismo como um todo, foram um dos principais setores afetados pela pandemia causada pelo novo coronavírus.

Vários países, na esperança de conter a disseminação do vírus localmente, adotaram medidas restritivas quanto à entrada de estrangeiros ao longo de 2020 e 2021. No entanto, com o advento da vacina e o rápido processo de vacinação em diversas regiões do mundo, a expectativa é que o ano de 2022 represente a retomada desse setor.

É importante destacar que um cenário otimista para as viagens em 2022 está sendo traçado, pois o avanço da vacinação no Brasil e em diversas outras regiões do mundo traz mais segurança para quem vai viajar – dentro ou fora do país. Com isso, alguns números animadores já foram divulgados e fundamentam essa expectativa de crescimento do setor para o ano que vem.

Um exemplo claro de recuperação do setor de viagens está no último relatório trimestral publicado pela Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas, a Abracop. No relatório ficou evidenciado um crescimento em 96% no faturamento do setor de viagens corporativas quando comparado com o mesmo período em 2020 quando ainda existiam vários tipos de restrições e desconfiança dos consumidores quando o assunto era viagens.

Além disso, também é importante destacar o crescimento de outros segmentos do setor de viagens em 2021 após o início da vacinação. Segundo o presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), Roberto Nedelciu, desde o mês de maio está sendo registrado um aumento de 20% por mês quando o assunto é a compra de passagens, pacotes e diárias para destinos de turismo nacional.

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) também divulgou números que comprovam a recuperação do setor de viagens nacionalmente. Apesar de ter ficado 37,2% abaixo do que foi registrado em 2019, o número de passageiros transportados no primeiro semestre de 2021 já foi maior do que o registrado no mesmo período em 2020. Depois da recuperação causada pelo tombo da segunda onda da COVID-19, o setor vem registrando forte crescimento desde maio desse ano. Com isso, segundo Eduardo Sanovicz, presidente da Abear, a expectativa do setor é que até o final do ano as empresas aéreas consigam recuperar de 85% a 90% da malha aérea, sendo que no primeiro trimestre de 2022 esse número já deve estar no mesmo nível daquele registrado antes da pandemia.

Cuidados e vacina

Os cuidados pessoais e a vacinação são importantes temas quando o assunto é o retorno das viagens. Para quem pretende viajar internacionalmente será fundamental estar vacinado, pois muitos países estão impondo os chamados passaportes sanitários. Ou seja, para entrar e circular no país é necessário apresentar um comprovante de vacinação.

Mesmo com a vacinação em andamento e em patamar satisfatório, é muito importante manter os cuidados pessoais. Ou seja, uso de máscara em locais públicos e constante higienização das mãos com álcool em gel ou água e sabão, além de evitar locais fechados com muita aglomeração de pessoas ainda são recomendações importantes feitas pelas autoridades locais, porém, variam de lugar para lugar.

Também deve haver atenção à comprovação vacinal, pois alguns países possuem restrições a alguns imunizantes. É necessário, antes de viajar, conferir quais vacinas são aceitas pelo país para o qual será realizada a viagem.

O ano de 2022 é de muito otimismo para o setor de turismo. Ainda não é possível saber se esse será um cenário pós-pandemia, pois tudo depende do andamento da vacina e do surgimento de novas variantes do vírus. No entanto, tudo indica que a situação será bem mais flexível, aumentando assim o número de viagens.

Clube Candeias

O Clube Candeias, maior clube de férias do mundo, dispõe de unidades próprias com preços imbatíveis para o associado, rede integrada com mais de 500 mil opções de hospedagens pelo mundo, plataforma de reservas online, atendimento 5 estrelas e um excelente padrão de qualidade são alguns dos diferenciais que o associado irá experimentar ao fazer parte do Clube Candeias.

Para mais informações é só clicar aqui.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?