Depois da pandemia, planeje conhecer a Ilha de Santo Aleixo, em Pernambuco

Aproveitar a natureza é a melhor opção.

A pandemia causada pela Covid-19 está exigindo novos hábitos de todos, a exemplo do isolamento social necessário para proteção. Afinal, segundo as autoridades de saúde, ficar em casa é fundamental para evitar a contaminação.

Nesse momento tão complicado, muitas pessoas precisaram adiar as férias tão planejadas. Enquanto épocas melhores ainda não chegam, que tal aproveitar para se programar para uma viagem restauradora após o isolamento social e fim da pandemia? Que tal conhecer a Ilha de Santo Aleixo.? Saiba mais sobre esse lugar lindo e como visitar:

Onde fica?

A Ilha de Santo Aleixo está a 2km da Barra de Sirinhaém, no litoral pernambucano. Um fato curioso é que, apesar de fazer parte da cidade, ela é uma propriedade particular, contando apenas com 36 hectares. Está situada entre Porto de Galinhas e a Praia dos Carneiros.

Outra curiosidade, é que se trata de uma ilha vulcânica. Não existe nenhum morador nativo da ilha e, normalmente, ela é muito usada por algumas empresas que promovem o turismo autorizado por lá.

Há vários fatos históricos em torno da Ilha. Por exemplo, já foi ocupada por espanhóis, holandeses, franceses e portugueses. Aliás, a primeira invasão francesa do Brasil ocorreu nela. Já nos séculos 16 e 17, a Ilha serviu de ponto de apoio para corsários e piratas que promoviam saques na costa do atual estado de Pernambuco.

O que fazer?

Aproveitar a natureza é a melhor opção. A Ilha de Santo Aleixo é muito tranquila, com águas calmas e cristalinas. Os turistas têm o suporte de uma infraestrutura básica, a exemplo de barracas, petiscos, cadeiras e bebida gelada.

Quem não quiser ficar nas cadeiras da praia admirando o mar e o pôr do sol, pode aproveitar para conhecer as trilhas do lugar. O mais legal é que, ao finalizar a caminhada, o turista chega em outra praia!

De acordo com a empresa responsável por levar os turistas, é possível ter acesso a snorkel e máscaras de mergulho. Além disso, alguns quiosques preparam a comida na hora.

Como chegar?

Na Praia de Barra de Sirinhaém é possível encontrar as pequenas empresas responsáveis por levar os turistas até a Ilha. Normalmente, o trajeto pode ser feito de barco ou jet-ski. Os valores cobrados ficam em torno dos R$60,00 por pessoa para uma viagem de ida e volta.

Quando ir?

É possível conhecer o local em qualquer época do ano, porém, assim como ocorre na maioria dos casos, o verão costuma ter mais pessoas e preços mais caros. Então, quem busca economizar pode optar por ir na baixa temporada.

Planeje sua próxima viagem!

O período da quarentena pode ser o momento ideal para planejar sua próxima viagem com calma, sem deixar nenhum ponto de fora. E que tal fazer isso com o Clube Candeias? Aqui, os associados podem viajar tranquilamente para várias regiões do Brasil e do exterior com todo o suporte e apoio para o seu conforto.

Unidades próprias, programa de recompensas, plataforma online, preços únicos e até a possibilidade levar convidados estão entre as vantagens que o Clube dispõe aos associados. Para saber mais, clique aqui.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?