Dicas de locais para a prática do Rafting

É cada vez mais comum ver pessoas se interessando por esportes radicais. Os motivos prováveis são o incentivo dos amigos, o desejo de aventuras e a busca incessante pelo desconhecido.

Como será a sensação de fazer rafting, por exemplo?

Um dos esportes radicais que mais estimulam a adrenalina, é praticado na água e se trata de descer corredeiras dentro de botes infláveis, que percorrem caminhos pra lá de tortuosos, cheio de ondas e redemoinhos. O ponto alto? Sem dúvida as quedas d’água!

Se você quer viajar para destinos aventureiros, vem com a gente! Neste post, mostramos sete lugares para praticar rafting:

1- Brotas

Conhecida como a capital do turismo aventureiro no Brasil, Brotas conta com muitos esportes radicais, como rapel e arvorismo. Mas o forte de quem procura por turismo de aventura na cidade paulista é o rafting no rio Jacaré-Pepira, já que ele possui quedas que ultrapassam os três metros de altura.

2- Bonito

O rafting de Bonito pode ser considerado para iniciantes, para levar as crianças e toda a família. Bom né? O bote faz seu trajeto pelo rio Formoso e o passeio é sempre acompanhado por guias locais que remam o bote enquanto você se diverte. O passeio permite a contemplação da rica fauna e flora local.

3- Foz do Iguaçu

As quedas d 'água mais famosas de Foz do Iguaçu são altíssimas, certo? No entanto, as usadas para praticar rafting são, obviamente, bem menores. Um dos pontos mais procurados pelos aventureiros fica perto da fronteira do Paraguai. Lá, além das corredeiras e quedas de tirar o fôlego, há uma boa dose de calmaria para recompor os ânimos. Além da diversão, o visual é fantástico!

4- Socorro

Socorro é uma cidade paulista repleta de rios e cachoeiras. A prática de rafting é no rio do Peixe em seus mais de sete quilômetros de extensão. Mais da metade do percurso é de corredeiras. O local também é perfeito para praticar stand-up e canoagem.

5- Juquitiba

Parte desta cidade paulista fica na Mata Atlântica, onde se encontra o rio Juquiá, onde é possível praticar rafting em diversos níveis, até mesmo com o seu cachorrinho. Outras atividades como tirolesa e arvorismo valem esse incrível passeio, em meio à natureza. Imperdível!

6- Paraty

Em Paraty, no extremo sul do Rio de Janeiro, o ecoturismo é muito presente. Há vários rios para praticar a modalidade esportiva, como o rio Mambucaba, por exemplo. Aproveite para curtir as praias das muitas ilhas de Paraty e o inigualável centro histórico.

7- Extrema

As lindas cachoeiras e rios mineiros compensam o fato de Minas Gerais não ter praias. Na cidade de Extrema, por exemplo, é possível praticar rafting nas corredeiras do rio Jaguari. O percurso é longo, são 13 km de pura emoção, mas só é possível praticar o esporte quando o rio está cheio. No entanto, e felizmente para os amantes de turismo radical, um trajeto de um quilômetro está disponível o ano inteiro.

Clube Candeias

O portal do associado do Clube Candeias traz uma rede integrada com o incrível número de mais de 500 mil opções de hospedagens nos cinco continentes.

Os associados podem usar o aplicativo para fazer reservas, além de acessar diversos serviços do clube pelo smartphone.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?