Dicas e cuidados com as crianças em piscinas

Manter os pequenos longe do perigo é algo que requer alguns cuidados básicos muito importantes.

Uma piscina é sempre uma garantia de diversão para as crianças, especialmente nos períodos mais quentes do ano. Entretanto, manter os pequenos longe do perigo é algo que requer alguns cuidados básicos muito importantes.

Como é possível imaginar, não podemos brincar com a segurança das crianças, e, até mesmo aquelas que nadam bem podem correr riscos. Para manter seus filhos seguros e garantir a diversão na piscina, fique atento aos pontos a seguir:

Atenção às boias

Sem dúvidas, as boias ajudam na segurança das crianças, porém, elas não são o suficiente para uma proteção completa. O alerta fica para os pais e responsáveis, pois, mesmo usando a boia e não importando se a piscina é rasa ou profunda, é preciso supervisionar as crianças.

Além disso, é necessário usar a boia adequada, respeitando o peso e o tamanho da criança.

Fazer uma supervisão atenta

Os adultos são responsáveis por supervisionar as crianças e devem ter muito cuidado para evitar falhas, especialmente porque não são pessoas treinadas para identificar o menor sinal de que algo está errado ou de um perigo iminente.

O olho humano também não consegue captar uma grande quantidade de situações ao mesmo tempo. Para evitar desatenção e garantir que todos, crianças e adultos, possam se divertir, os pais podem fazer turnos para o monitoramento delas.

Confira a profundidade

Em nenhuma hipótese deve-se permitir que crianças brinquem em uma piscina sem antes conferir toda a sua extensão. Se a piscina for um pouco profunda, elas não devem ficar sozinhas, mesmo que saibam nadar e consigam tocar o fundo.

Também, os pais e responsáveis devem conversar com os pequenos para não brincarem de afundar o coleguinha, afinal, em um espaço de segundos o acidente pode acontecer.

Cuidado com as bombas de sucção

Um grande número de acidentes envolvendo crianças e piscinas têm relação com a sucção das bombas. Por isso, é fundamental chamar a atenção delas para terem cuidado com essa parte da piscina. É importante também procurar saber onde a bomba pode ser desligada, para que seja parada em caso de alguma emergência.

Cuidado com o afogamento silencioso

Nos filmes, os afogamentos sempre são retratados com muita água espirrando, gritos e a pessoa se debatendo. Porém, o afogamento é muito mais silencioso. Por isso, as crianças precisam de uma atenção extra e de perto, pois, muitas vezes, é fácil imaginar que estão apenas se movimentando na água quando, na realidade, não estão conseguindo apoio para emergir.

Ficar nas áreas designadas

Em locais públicos, parques e hotéis, é comum haver uma área específica para as crianças, visando garantir a segurança. Deve-se prestar muita atenção aos avisos e alertá-las para que não saiam dessas áreas. Mas é claro, sem deixar de lado a supervisão atenta.

Planeje sua viagem com o Clube Candeias

Muitas viagens e planos tiveram que ser cancelados devido ao isolamento social. Enquanto o momento certo de viajar com segurança não chega, nada melhor que aproveitar o tempo para planejar o próximo destino com calma e tranquilidade.

O Clube Candeias pode ajudar em suas próximas férias. Os associados contam com uma série de vantagens, além de terem acesso a uma rede integrada de hospedagem em vários países.

Conheça mais sobre os serviços oferecidos acessando o site.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?