Enoturismo: vinícolas brasileiras para visitar

Enoturismo é o nome que se dá às viagens motivadas pelas degustações de vinhos, sendo, em sua maioria, rotas de vinícolas. Muito comum em regiões de climas mais frios, muito se fala sobre esse tipo de turismo em países como França, Portugal e Itália, por exemplo, mas também é possível apreciar excelentes aromas e sabores de vinhos aqui mesmo, no Brasil, sem a necessidade de se preocupar com a conversão de moedas nem com voos longos e, geralmente, caros.

Para os amantes da bebida que estão contando os segundos para colocar os pés na estrada novamente, vale se programar durante este período de isolamento social para explorar as experiências das vinícolas brasileiras assim que isto for seguro. Para ajudar nesta tarefa, confira abaixo uma lista com sete opções incríveis em território nacional:

1. Casa Geraldo, em Andradas, na região sul de Minas Gerais, uma das maiores do estado. A atividade segue na mesma família há gerações e lá é possível, além de degustar e adquirir os vinhos, conhecer também os procedimentos de feitura dos rótulos. A cidade de Andradas é conhecida como Terra do Vinho, resultado de uma forte imigração Italiana. Até o ano passado, 2019, já foram realizadas cinquenta e quatro edições da Festa do Vinho, que costuma acontecer em meados do mês de julho, em pleno inverno.

2. Vinícola Góes, no município de São Roque, São Paulo. A família Gumercindo Góes comanda a fazenda desde 1938, ou seja, foram uma das primeiras a produzirem vinho no Brasil. A tradição se expressa em um trabalho artesanal de qualidade, bom gosto e sofisticação. A Vinícola Góes é uma das paradas do grande Roteiro do Vinho, que acontece ao longo de São Roque e que vale muito a pena conferir! Neste ano, em razão da pandemia, o evento será realizado na modalidade drive thru.

3. Vinícola Larentis, na cidade de Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul. Trata-se de mais uma propriedade familiar capaz de oferecer um atendimento personalizado e tour guiado por um especialista que, além de enólogo, é herdeiro da vinícola. A vitivinicultura chegou a Bento Gonçalves por meio dos processos imigratórios de italianos e alemães, por volta de 1824 a 1875, e o local abriga, desde 1967, a Festa Nacional do Vinho, Fenavinho – evento que acontece anualmente e visa promover a bebida nacional.

4. Miolo, também em Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul. Aqui está uma opção super completa para quem procura por experiências mais sofisticadas dentro da enocultura, contando com atrativos que vão da vinícola em si até a hospedagem, passando por restaurante e fábrica de vinhos.

5. Vitivinícola Santa Maria, Lagoa Grande, Pernambuco. Se engana quem pensa que só as regiões Sul e Sudeste abrigam vinícolas aqui no país. A propriedade é pequena, mas o atendimento e a degustação de vinhos e espumantes são sempre muito elogiados. Vale também a experiência única de ver parreiras dividindo o espaço com cactos. Tanto a vinicultura quanto a fruticultura representam boa parte da fonte de renda de Lagoa Grande e lá acontece a Vinhuva Fest a cada dois anos desde 1999.

6. Chandon, Garibaldi, no Rio Grande do Sul. Sim, é possível conhecer as instalações de uma das marcas de espumante mais conhecidas e aclamadas do mundo bem aqui, no Brasil. As modalidades de visitação englobam degustações e, até mesmo, dicas de como harmonizar melhor a bebida, sendo possível adquirir exemplares para apreciar em casa ou presentear alguém. Garibaldi é conhecida como a Capital do Espumante e, não por acaso, uma das suas principais atrações é, justamente, a Rota do Espumante, que percorre nada mais, nada menos do que dezoito vinícolas, incluindo a Chandon.

7. Vinícola Goiás, no Jardim Esmeralda, Itaberaí, Goiás. Pioneira na produção de suco integral de uva e no enoturismo no estado, oferece serviços extras, como cursos e treinamentos, além de produzir geleia de uva, uva in natura e polpa. A região do Rio Vermelho, na cidade Itaberaí, é onde se pode aproveitar enoturismo em Goiás e, de quebra, conhecer suas características históricas ainda bastante preservadas.

O Brasil está, sem dúvida alguma, regado de opções incríveis para quem se interessa pelo enoturismo. Agora é momento de planejar a próxima viagem para garantir que tudo corra da forma mais tranquila possível quando for seguro transitar pelo país novamente – porque essa situação vai passar.

Para tornar essa futura viagem ainda mais inesquecível e intimista, o Clube Candeias oferece aos seus associados unidades próprias para hospedagem no Brasil a preços imbatíveis. A reserva é feita pelas plataformas online e o atendimento exclusivo acompanha o associado do momento da reserva até o fim da viagem. Clique aqui para mais informações.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?