Lugares para visitar em Campo Grande-MS

O isolamento social ainda está vigente em muitos lugares, não permitindo que todos os destinos de viagem estejam disponíveis. Por isso, planejar-se para viajar quando a situação normalizar é fundamental. Quanto mais cedo a organização começar, mais fácil será programar o passeio.

Então, que tal começar pela região Centro-Oeste do Brasil? Se conectar a novas culturas, tradições e apreciar as paisagens naturais e pontos turísticos são alguns dos atrativos. A dica da vez é a cidade de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Veja aqui cinco pontos turísticos para conhecer:

CIDADE MORENA

Campo Grande é a capital do Mato Grosso do Sul. Por suas fortes raízes e influências da cultura indígena, tem o apelido de Cidade Morena, algo ressaltado pela cor da terra, geralmente roxa ou, até mesmo, vermelha.

A população é de mais de 900 mil habitantes, sendo o terceiro maior município do Centro-Oeste. O turismo é uma das atividades econômicas mais fortes na cidade, oferecendo boa infraestrutura e opções de lazer aos visitantes.

O QUE FAZER EM CAMPO GRANDE

Geralmente quem visita o Mato Grosso do Sul tem como destino a cidade de Bonito ou a região do Pantanal, não dando muita atenção à capital. Mas há muito o que conhecer na Cidade Morena:

• Parque das Nações Indígenas

É o mais visitado e mais conhecido ponto turístico de Campo Grande, abrigando diversas das atrações de lazer da cidade. Um dos maiores parques urbanos do mundo. A infraestrutura permite a prática de esportes, como corrida, canoagem, ciclismo e muitos outros.

Além disso, o Parque das Nações Indígenas possui outras atrações em seu espaço. Vale destacar o Museu Dom Bosco, o Córrego Prosa e o Aquário do Pantanal.

• Praça da Pantaneira

Campo Grande é uma das capitais que mais preservam a natureza no Brasil, sendo possível ver diversos animais passeando pela cidade, inclusive as araras. Em homenagem a isso, a Praça Pantaneira, que fica ao lado da sede a Prefeitura Municipal, possui várias estátuas de animais que aparecem na região. Um bom ponto de parada para tirar fotos.

• Casa do Artesão

No centro de Campo Grande está um dos principais pontos turísticos da cidade, a Casa do Artesão. O local já funciona há mais de 30 anos e reúne obras do artesanato produzido na cidade, além de outros produtos como bebidas. É o "point" ideal para comprar as lembrancinhas da viagem.

• Morada dos Baís

Casarão construído em 1918, a Morada do Baís hoje em dia funciona como um centro cultural. Recebe exposições, exibição de filmes, além de um happy hour com comidas típicas da região e apresentações musicais. É um Patrimônio Histórico e Cultural da cidade, sendo administrado pelo SESC/MS.

• Cachoeira do Inferninho

Localizada no perímetro da capital sul-mato-grossense, o Inferninho tem esse nome devido ao seu passado. Antigamente o local era um depósito de lixo e entulho, mas foi totalmente revitalizado e limpo, permitindo o acesso de banhistas. O acesso se dá por meio de uma trilha, que dura pouco mais de 20 minutos. Não é necessário pagar pela entrada.

CLUBE DE TURISMO

O turista que for ao Mato Grosso do Sul pode aproveitar a estrutura e hospedar-se no Candeias Gold Fish – unidade própría em Corumbá ou no Candeias Pousada Guarany, unidade localizada na cidade de Bonito.

Os associados do maior clube de férias do mundo desfrutam de vantagens imperdíveis, como atendimento exclusivo, plataforma de reservas online e programa de recompensas. Clique aqui e saiba mais.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?