Lugares para visitar no Parque Estadual de Terra Ronca

O Parque Estadual da Terra Ronca (PETeR) está localizado na região do extremo nordeste Goiano, na divisa com a Bahia, com acesso pela cidade de São Domingos ou Guarani de Goiás. A distância até Goiânia é de mais de 600 quilômetros e até Brasília, cerca de 400 quilômetros.

Esse paraíso natural foi sendo esculpido por rios subterrâneos ao longo de 600 milhões de anos. O nome, inclusive, deriva do “ronco” das águas que correm no interior das cavernas. Em algumas de suas cavernas, é possível também encontrar inscrições rupestres que comprovam ocupação humana há mais de 10 mil anos na região do Planalto Central Brasileiro.

Abriga incríveis cachoeiras de água morna e cristalina, morros, colinas e uma tradicional manifestação religiosa local chamada Festa do Bom Jesus da Lapa. Um verdadeiro santuário de preservação de nosso patrimônio natural e cultural!

Abaixo, os principais lugares para visitar no Parque Estadual da Terra Ronca:

Caverna Terra Ronca

A Terra Ronca é dividida em duas partes, em razão de um desmoronamento. Sem dúvida, essa é a caverna mais visitada do local, sobretudo a primeira parte. A entrada (ou boca) da Terra Ronca I é de tirar o fôlego, são 96 metros de altura e 120 metros de largura. Nesta entrada há um altar e é onde acontece a Festa do Bom Jesus da Lapa, que reúne visitantes de todo o país.

O acesso à outra extremidade da caverna se dá por meio da travessia, com água na cintura, do Rio da Lapa. Neste momento, uma dolina (espécie de cânion) de, aproximadamente, 80 metros de altura, se abre. O trecho foi nomeado como Oco das Araras, pelo fato de que essas aves usam os paredões como esconderijo. O destaque é o Salão dos Namorados, formado por grandes colunas de estalactites e estalagmites, além de formações que parecem ser feitas de porcelanas.

Caverna Angélica

A Angélica é considerada uma das maiores e mais bonitas cavernas do Brasil. Entra-se nela por meio de uma praia fluvial e são 14 quilômetros de caminhada para atravessá-la inteiramente (muitos optam por um pernoite em seu interior). Seguindo o curso do Rio Angélica, são infindáveis salões, cortinas e espelhos. As maiores atrações são o Salão dos Canudos e o Salão das Cortinas.

Caverna São Bernardo

No interior dessa caverna passam o Rio São Bernardo e o Rio Palmeira, que se encontram em um determinado trecho. Para entrar na caverna, é preciso encarar uma descida bem íngreme e quase todo o trajeto é feito dentro da água (algumas partes com bastante correnteza). O atrativo que se sobressai é o Salão das Pérolas, com pedras esculpidas naturalmente, cujos formatos lembram pérolas.

Caverna São Mateus

A São Mateus é a segunda maior caverna do Brasil, mas exige um certo espírito aventureiro para explorá-la. Sua entrada é bem estreita e tem de ser feita por corda. Mas o esforço vale a pena, pois nela estão guardadas formações rochosas muito raras, algumas lembrando gigantescos cristais.

Caverna São Vicente

É a mais radical de todas. A única maneira de acessá-la é por um rapel de 40 metros. No entanto, essa caverna abriga um fenômeno raro e deslumbrante: ao correr em seu interior, o Rio São Vicente forma 12 cachoeiras.

Cachoeira Palmeira

Terra Ronca chama a atenção pela sua beleza subterrânea, mas a natureza que se mostra não fica atrás. Prova disso é a Cachoeira Palmeira, que forma piscinas naturais – ótimas para banho, já que suas águas são bem limpas e mornas. Também dá para subir pela mata e curtir o maravilhoso visual lá de cima da cachoeira.

O Parque Estadual da Terra Ronca conserva um dos maiores tesouros ecológicos do país. Rios cristalinos, cachoeiras de água morna, paisagens e espécies típicas do cerrado e, sobretudo, um fantástico mundo subterrâneo tornam esse lugar inesquecível!

Planeje sua viagem

O Clube Candeias dispõe de inúmeras vantagens para os associados, entre elas unidades próprias em diversas localidades brasileiras, plataforma de reservas online e uma rede integrada com mais de 500 mil opções em hospedagens pelo mundo. Para saber mais, clique aqui.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?