Oito dicas para curtir a badalada Mykonos

A melhor época para apreciar o lugar é a primavera, por ser baixa temporada e a temperatura bastante agradável.

A Grécia é um país surpreendente e quando você pensa que já viu tudo, passa pela ilha de Mykonos e descobre que a natureza foi mais que generosa com o lugar.

A ilha tornou-se um dos destinos mais procurados por pessoas famosas para curtir a beleza das praias – além de apreciar o estilo grego clássico das pequenas casas branquinhas espalhadas por ruelas estreitas.

Conhecida como Ilha dos Ventos, junto com Santorini, formam as ilhas cicladas mais famosas da Grécia. É fácil se encantar pela alegria e badalação do lugar, onde se encontra diversão para todos os gostos. Famílias são vistas passeando pelas ruas de Chora – o centro comercial – apreciando o artesanato.

Não faltam lugares maravilhosos para conhecer na ilha mais festeira da Grécia. De noite a ferveção toma conta com muita música e agito.

Uma visita aos restaurantes típicos gregos é imperdível! Saboreie o prato mais barato de Mykonos: o Gyros. Ele pode ser feito de porco ou frango – servido num prato – enrolado no pão pita, acompanhado de batata frita e uma saladinha de tomate, alface e cebola roxa. Também há boa música nas tavernas e, até pode rolar a tradicional quebra de pratos, tão famosa na Grécia.

Quando visitar Mykonos

A melhor época para apreciar o lugar é a primavera, por ser baixa temporada e a temperatura bastante agradável. No verão chega fácil aos 40º graus.

De Atenas para a ilha são apenas 35 minutos de voo, mas saem também voos de outras ilhas. Ou pode-se ir de barco que são bem rápidos e com todo conforto – o trajeto chega a 2h30. O importante é curtir cada momento e a paisagem.

Para hospedar-se não faltam opções de hotéis, tudo vai depender do quanto está disposto a gastar.

Na hora de explorar este paraíso, veja alguns pontos que não devem ser deixados de lado:

  • Os Moinhos de Vento

Construídos no século 16, os moinhos são o verdadeiro cartão-postal do lugar. Podem ser vistos logo que se desce do barco.

  • Igreja Panagia Paraportiani

Sua construção segue o estilo grego clássico, fica à beira-mar e, de longe se avista, por ser toda branca, cercada por labirintos.

  • Chora, o centro comercial

Conhecido como o labirinto de Mykonos por suas ruas estreitas de pedras e cheias de curvas. O pensamento é que estamos vendo um filme. Cuide-se para não se perder.

  • Super Paradise

Linda de dia e de noite com suas águas azuis, o turista pensa estar no paraíso. A praia é muito badalada com festas e música para os mais animados.

  • Platys Yalos ou Platys Gialos Beach

Super lotada na alta temporada por ser considerada a praia do momento, turistas se acotovelam por todos os lados, disputando um pouquinho da água cristalina.

  • Igrejas de cúpula azul

Elas estão sempre abertas para receber o turista. São encantadoras com sua cúpulas azuis. É só entrar e fazer sua oração!

  • Sitio Arqueológico de Delos

Dê uma esticadinha até a ilha de Delos, vizinha a Mykonos, para apreciar um pouco da mitologia grega. Segundo a lenda foi lá que nasceram os gêmeos Ártemis e Apolo, filhos de Zeus.

  • Cavo Paradiso

E como não podia faltar, não esqueça de passar no Cavo Paradiso, a casa oferece a melhor balada noturna com DJs bem conhecidos.

Para sua tranquilidade, o Clube Candeias oferece toda infraestrutura necessária em hospedagem. São mais de 500 mil opções nas redes integradas. Além de vantagens, como descontos especiais, preços que cabem no seu bolso, plataformas online para reservas. Clique aqui e saiba mais.

Por Ruth Galvão


Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?