Oito motivos para colocar as Filipinas em seu roteiro de viagem

São vários lugares para visitar, paisagens maravilhosas e passeios divertidos.

Viajar é maravilhoso e sempre é a oportunidade de conhecer novos lugares, pessoas interessantes e deparar-se com culturas espetaculares. E, se seu objetivo para uma viagem internacional inclui o que acabamos de citar, que tal colocar as Filipinas em seu roteiro? Neste artigo você encontrará oito motivos para visitar as Filipinas.

PASSEIO A EL NIDO

Localizada na província de Palawan, El Nido possui um pôr do sol difícil de ser batido como o que você encontrará em Las Cabanas. Se seu objetivo for um agito, vá até o Sun Bar ou até o lado esquerdo da praia que tem um pôr do sol mais zen.

A beleza do lugar é estonteante. O mar, esverdeado e com águas cristalinas em combinação com as formações rochosas, forma um cenário inesquecível. Toda a região do arquipélago possui essas formações e, em alguns pontos, elas parecem “flutuar” sobre ele.

Há quatro passeios programados para os turistas. Os mais sugeridos são o A e o C.

No Tour A as praias visitadas são: Lagoa Secreta, Ilha Shimizu, Lagoa Pequena, Lagoa Grande e Praia Seven Commandos.

No Tour C as praias visitadas são: Ilha Helicopter, Ilha Matinloc, Praia Talisay, Praia Secreta e Praia Escondida.

Uma boa dica para aproveitar bem os passeios é pegar um dos primeiros ou um dos últimos barcos que saem. Ou, até mesmo, alugar um barco particular. Você também pode conversar com o líder do seu barco para verificar a possibilidade de um roteiro diferente do original.

MOALBOAL

Em Moalboal há uma cachoeira chamada Kawasan que a torna uma das principais atrações da província de Cebu. Imagine um tanque completamente preenchido com água cristalina na qual foram tombados milhões de litros de leite. Assim é a cor da água dessa cachoeira. O melhor horário para visitá-la é no início do dia ou fim de tarde, para evitar aglomerações que podem comprometer seu passeio.

Em Moalboal você também pode praticar um esporte ainda pouco conhecido no Brasil, o Canyoning, ou seja, a exploração de cânions. Lá é relativamente simples organizar um passeio por meio de uma agência ou acomodação. Dura, geralmente, sete horas e envolve atividades como rapel em desfiladeiros de 30 metros ou boiar tranquilamente entre os cânions.

BORACAY

Boracay é uma ilha tropical que fica ao sul da capital Manila. E é onde tudo acontece nas Filipinas. Desde a clássica atmosfera praieira até baladas que varam a madrugada. Com uma vastidão de praias compondo o arquipélago, você pode se esbaldar em várias atividades que vão do rapel ao snorkeling. Mas pesquise bem antes de escolher aquelas que irá visitar, pois algumas delas são privadas, pertencendo a alguns hotéis e, em virtude disso, pode ser que você não consiga entrar.

A mais famosa de todas é White Beach. Com uma infraestrutura de primeira qualidade e com vasta extensão de uma areia muita branca e águas cristalinas é considerada por muitos a praia mais linda do mundo! Não se pode beber tampouco fumar nela, sob risco de multa. O pôr do sol é deslumbrante!

Porém, é uma praia muito cheia. Se você não se importar de dividir a alva areia com coreanos e chineses, muito frequentes por lá, relaxe e se divirta. Caso contrário há, também, a praia de Dinwid, o melhor ponto para se curtir o pôr do sol inesquecível de Boracay e bem mais exclusiva que White Beach.

TERRAÇOS DE ARROZ EM LUZÓN

Muitos consideram essa a oitava maravilha do mundo moderno. Os terraços de arroz – que ficam no norte da Ilha Luzón – compreendem vilas e mais vilas que estão rodeadas e interconectadas. Os considerados mais bonitos e que são mais acessíveis localizam-se em Banaue e Batad. Você talvez precise de um tuk-tuk, um popular meio de transporte da região para chegar, mas valerá a pena. Já da vila, a vista é de tirar o fôlego e pode ficar ainda melhor se você caminhar pelo meio dos terraços e chegar a uma pequena cabana que fica bem no topo.

TRAVESSIA SUBTERRÂNEA DE CAVERNA

Para quem gosta de aventuras, é perfeito. O passeio começa em Lumiang e termina em Sumaging, que conta com impressionantes formações rochosas. A aventura leva quatro horas e envolve subir em paredes escorregadias apoiado por cordas, travessia por um rio subterrâneo e descidas por buracos estreitos. Realmente estreitos. Não vá a esse passeio se você tem claustrofobia.

PUERTO PRINCESA

O rio subterrâneo de Puerto Princesa é o segundo mais extenso do mundo com sete km de extensão e é uma das sete novas maravilhas da natureza. Localiza-se, especificamente, em Sabang – a 76 km de distância da cidade de Puerto Princesa. Para aqueles que desejam fazer uma passagem pela ilha de Palawan, é um passeio indispensável.

Saindo da própria Puerto Princesa, há passeios diários com retorno no mesmo dia para o hotel. Planeje bem para evitar passar o dia inteiro dentro de uma van e fazer as coisas correndo. Uma boa maneira é passar vários dias na cidade de Sabang para poder aproveitar com tranquilidade.

LAGOAS NATURAIS DE CORON

Na Ilha de Coron você poderá encontrar as lagoas naturais mais famosas das Filipinas. Para que possa curtir de verdade o passeio, uma sugestão é alugar um barco. Entre no espírito turista e reúna uma galera que conheça na viagem para montar um grupo de passeio. Além de ser mais barato, os passeios predefinidos pelas agências fragmentam-se em vários dias.

A mais célebre é Kayangan, cartão-postal comum do país. Há também a Twin Lagoon, a qual, como o próprio nome indica, trata-se de duas lagoas literalmente grudadas uma na outra, porém, separadas por pináculos de uma pedra cinza – típica das Filipinas. A Barracuda se junta ao time de famosas por propiciar ao nadador em suas águas variadas temperaturas.

OSLOB OU DONSOL

Se você sempre acalentou o sonho de nadar ao lado de um tubarão-baleia, as Filipinas são o lugar certo para que esse sonho finalmente se torne realidade.

Em Oslob você pode realizar esse sonho, já que essas criaturas exuberantes estão em seu habitat natural. Já em Donsol, a probabilidade é um pouco menor, pois com as mudanças climáticas os períodos migratórios já não acontecem com precisão.

É interessante pegar um dos primeiros barcos para o passeio para ver cardumes de até 20 desses animais de uma só vez! Entretanto, para aproveitar seu dia, tem que levanter cedo. Acorde às 5h e, se estiver acompanhado, fique na fila para se registrar e peça para a outra pessoa ficar na fila para pagar. Assim, você conseguirá bons lugares e poderá desfrutar de 30 minutos de emoções.

E, para que, além de curtir uma excelente experiência com sua viagem, você também tenha ótimas oportunidades de recompensas, procure o Clube Candeias – o maior clube de turismo programado do Brasil – que conta com um maravilhoso Programa de Recompensas. Há duas formas de hospedagem: Rede Integrada e Unidades Próprias. O funcionamento do programa é muito simples: a cada R$ 1,00 que você gaste em hospedagem na rede integrada, você ganha um ponto para usar nas unidades próprias. Clique aqui e saiba mais.

Escrito por Mário J. Martins

Redator, professor e tradutor.

marioprofessor28@gmail.com


Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?