Os melhores pontos turísticos para conhecer em Corumbá – MS

Por abrigar em mais da metade de seu território o bioma pantaneiro, Corumbá é conhecida como a Capital do Pantanal.

Com clima tropical e grande diversidade de vegetação e animais, a cidade é um convite para conhecer mais sobre a planície alagada. Porém não só de passeios de barco é formado o turismo da região, que conta com construções históricas, igrejas e museus.

Nesse artigo é possível encontrar mais opções de lazer e diversão em Corumbá. Fizemos uma lista com sete pontos turísticos imperdíveis para visitar na cidade:

1. Forte do Junqueira

Para se ter uma vista privilegiada do Pantanal Mato-Grossense, conhecer o Forte do Junqueira é parada obrigatória. Construído com calcário nas margens do Rio Paraguai, o forte possui arquitetura característica e abriga 12 canhões que nunca foram utilizados. Para realizar a visita é necessário pedir autorização.

2. Muhpan

O Museu da História do Pantanal, também conhecido como Muhpan, oferece uma viagem lúdica e repleta de tecnologia para guiar os visitantes pela história da cidade. Com elementos visuais e sonoros, é possível acompanhar o desenvolvimento de Corumbá, conhecer mais sobre a fauna e flora pantaneira e também valorizar a cultura local.

3. Cristo Rei do Pantanal

Para se ter uma vista panorâmica de Corumbá é recomendada a visita ao Cristo Rei do Pantanal. Com a reforma do Cristo e de outras estátuas da Via Sacra, o ponto turístico foi revitalizado e, atualmente, está aberto ao público. O complexo está localizado no Morro do Cruzeiro e é considerado patrimônio histórico da cidade.

4. Casa do Massa Barro

Com reconhecimento internacional, esse ponto turístico é um convite para observar as esculturas feitas em cerâmica por crianças e adolescentes de Corumbá. Retratando a fauna e flora do pantanal, esses jovens escultores trazem a combinação certa de cores e detalhes para suas obras. O projeto possui cunho social por se destinar à comunidade carente da região, que retira os mais novos da rua e fornece uma ocupação artística. Os destaques da visita são a imagem de São Francisco e a da Nossa Senhora do Pantanal.

5. Porto Geral

Entre os maiores portos fluviais do Brasil está o Porto Geral de Corumbá. Ele é considerado o maior da região Centro-Oeste e é o cartão postal da capital do pantanal. As construções históricas presentes em sua proximidade possuem uma harmoniosa variedade de cores e detalhes. O conjunto desses casarões é conhecido como Casario do Porto.

6. Artizu Casa de Escultura

Localizada no centro da cidade, Artizu abriga obras feitas pela escultora e artesã local, Dona Izulina. Painéis, pinturas e esculturas estão presentes na área interna e quintal do estabelecimento e retratam a cultura corumbaense. O material utilizado nas obras varia desde pó de pedra, até cerâmica e entalhes de madeira.

7. Catedral Nossa Senhora da Candelária

Tombada em 2021 como Patrimônio Histórico Material do Mato Grosso do Sul, a igreja de Nossa Senhora da Candelária é uma homenagem feita à padroeira da cidade. A Catedral possui restauração recente e é um convite para religiosos e também apreciadores de sua arquitetura. Está localizada no centro histórico de Corumbá e é aberta ao público.

Clube de férias

Para desfrutar de todas as belezas que Corumbá oferece aos seus visitantes é necessária uma hospedagem que traga conforto e segurança para a viagem. O Clube Candeias dispõe de uma unidade própria em Corumbá – o Candeias Gold Fish. O local conta com piscina, estacionamento, wi-fi gratuito em áreas públicas e muito mais.

Além disso, possui localização estratégica com vista para o rio Paraguai e proximidade dos pontos turísticos da cidade. Está a apenas 3 km do centro, 2,7 km do forte do Junqueira e 3,2 km da estátua do Cristo Redentor.

Saiba mais sobre as vantagens em ser associado do Clube Candeias aqui.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?