Os principais pratos típicos da culinária local da Região Norte do Brasil

Além das belas paisagens e passeios turísticos recheados de história, uma viagem à região Norte possibilita conhecer, também, a deliciosa culinária típica.

A região Norte é composta por sete estados sendo eles: Acre, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e Amapá. Além das belas paisagens e passeios turísticos recheados de história, uma viagem à região Norte possibilita conhecer, também, a deliciosa culinária típica.

Com grande influência em sua cultura pelos indígenas, os pratos são, em sua maioria, compostos por peixes, frutas e ervas para temperos. Veja mais:

1. Pato no tucupi

Prato típico comumente consumido tanto na região do Pará quanto no Macapá. O tucupi é um líquido extraído da raiz da mandioca brava, também com jambu, uma erva típica da região.

O pato é cozido junto com o tucupi e acompanhado com arroz branco ou farinha d'água de mandioca.

2. Gurijuba

O gurijuba é um peixe delicioso de coloração parda-acinzentada, comercializado frequentemente no Amapá. Pode ser consumido de diferentes formas: cozido na manteiga, com farinha de mandioca e, também, ao alho e leite de coco.

Uma curiosidade sobre a carne desse peixe é que, com ela, é possível produzir hambúrgueres e filé.

3. Caruru paraense

Caruru é tipo um pirão feito com camarões secos e inteiros, quiabo, farinha de mandioca (super fina), azeite de dendê e tempero verde, (chicória e alfavaca). Servido com arroz e, para quem gosta, pode acompanhar um apetitoso molho de pimenta.

É um prato muito consumido também pelos baianos e por lá está ligado às práticas religiosas.

4. Tacacá

De origem indigena, um prato único, um delicioso caldo quente mencionado muito conhecido em território nacional.

A preparação consiste com a base de tucupi, goma de tapioca, folhas de jambu refogadas e camarão. Servido carregado na pimenta.

O tacacá carrega história em Belém basta dobrar a esquina para se deparar com as famosas “tacacazeiras”, cozinheiras que são consideradas Patrimônio Histórico Imaterial de Belém.

5. Damorida

Tipicamente indigena, é uma receita que pode ser preparada com peixe assado ou carne. Adicione pimenta, sal e goma de tapioca. Por se tratar de um prato bem apimentado é recomendado que consuma com bastante cuidado.

Pode ser servido com arroz e também pirão produzido com farinha de tapioca.

6. Pirarucu à casaca

O Pirarucu é um dos maiores peixes de água doce lacustres e fluviais do Brasil. É capaz de atingir o tamanho de três metros, encontrado normalmente na bacia Amazônica, em especial nas áreas de várzea.

O prato é preparado com temperos, colorau e manteiga, podendo ter diversos acompanhamentos diversificados.

7. Bolo de macaxeira

Macaxeira, aipim é uma raiz da mesma “família” da mandioca, seja lá como você preferir chama-lá, a verdade é que ela é deliciosa de qualquer forma e um bolo no café da manhã ou como lanche a tarde é uma ótima pedida.

Clube Candeias

O Clube Candeias proporciona aos seus associados uma rede integrada com mais de 500 mil opções em hospedagens espalhadas por todas as regiões do Brasil e do mundo. Clique aqui e saiba mais.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?