Partiu aventura? 7 cânions incríveis para conhecer no Brasil

Para quem curte turismo de aventura, de contemplação e de contato com a natureza, os cânions nacionais são uma excelente pedida.

O Brasil já provou ser um país de múltiplas belezas naturais, atendendo muito bem aos mais diversos tipos de turistas. Para quem curte turismo de aventura, de contemplação e de contato com a natureza, os cânions nacionais são uma excelente pedida e não deixam a desejar em relação aos destinos estrangeiros.

Cânions são vales bastante profundos que surgem entre rochas que acabam por formar encostas quase totalmente verticais e podem estar ou não cobertos por vegetação característica da área em que está situado.

Veja uma lista com sete dos cânions mais incríveis para conhecer aqui no Brasil:

  1. Cânion das Bandeirinhas, Ribeirão Bandeirinhas, em Belo Horizonte, Minas Gerais – este primeiro cânion de 4 quilômetros e 80 metros de altura, localizado no Parque Nacional da Serra do Cipó, apesar de não ser tão alto nem tão longo quanto outros desta lista, é recheado de belíssimas cascatas e refrescantes piscinas naturais, além de oferecer uma bela vista.

  2. Cânion do Xingó, entre Sergipe e Alagoas – trata-se de um cânion que permaneceu desconhecido até a construção da usina hidrelétrica do Xingó, quando o Rio São Francisco foi represado e acabou por revelar uma beleza antes encoberta. Por lá, os turistas visitam a Gruta do Talhado, mergulham e passeiam de barco ao longo dos seus 60 quilômetros de extensão de águas esverdeadas.

  3. Cânion do Rio Espalhado, Chapada Diamantina, Bahia – os paredões rochosos do Cânion Espalhado parecem ser o resultado de milhares de rochas empilhadas uma a uma. O seu estreito caminho navegável leva à famosa Cachoeira do Buracão, com sua tranquila piscina natural. São 90 metros de altura e 3 metros de largura que revelam uma experiência incrível.

  4. Cânion da Fortaleza, em Cambará do Sul, Rio Grande do Sul – são mais de 7 quilômetros de comprimento e incríveis 900 metros de profundidade localizados no Parque Nacional da Serra Geral. Para chegar ao topo, é necessário encarar uma trilha de certa complexidade, mas que não atinge o marco de duas horas de caminhada. De qualquer forma, a vista que se tem lá em cima vale todo o esforço. Dentre as atrações do local, destacam-se, ainda, a Pedra do Segredo e a Cachoeira do Tigre Preto.

  5. Cânion Guartelá, entre Castro e Tibagi, Paraná – as formações rochosas deste cânion atingem 450 metros de altura ao longo de mais de 30 quilômetros de comprimento. O cânion é responsável por abrigar o Parque Estadual do Guartelá, que é repleto de cachoeiras, possui trilhas dos mais diferentes níveis de dificuldade, registros rupestres e corredeiras.

  6. Cânion do Funil, Bom Jardim da Serra, região serrana de Santa Catarina – são menos de dois quilômetros de extensão, mas com uma paisagem que não se encontra nos demais cânions da lista, contando com majestosas rochas pontiagudas que surgem em meio ao vale. Trata-se de um dos exemplares dos grandes desfiladeiros do local e a largura do vale parte de 500 e chega aos 1.000 metros.

  7. Cânion Itaimbezinho, em Cambará do Sul, Rio Grande do Sul – o último cânion da lista compõe o Parque Nacional dos Aparados da Serra e possui quase 600 quilômetros de extensão e mais de 700 metros de profundidade, sendo um dos mais visitados daquela região.

Hospedagem de qualidade

O Clube Candeias, maior clube de férias do mundo, atende a mais de 700 mil famílias associadas, que contam com ampla rede integrada de hospedagem (mais de 500 mil opções pelo mundo) e mais de 30 unidades próprias espalhadas em diversas cidades brasileiras, como é o caso da aconchegante e encantadora unidade Candeias AlineVille, localizada em Canela, no Rio Grande do Sul.

Clique aqui para mais informações.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?