Principais pratos típicos da gastronomia da região Sudeste

A gastronomia da Região Sudeste é feita com sabores próprios e combinações peculiares. Nesse sentido, vale observar um aspecto interessante: a culinária do Sudeste é uma das que mais apresentam diferentes influências. Afinal, além dos povos indígenas, ainda há importantes contribuições dos colonizadores portugueses e dos africanos trazidos naquela época como escravos. A imigração de povos de diversas nações, como os espanhóis, japoneses, alemães e italianos também permitiu aumentar a diversidade gastronômica da região.

Veja alguns dos pratos típicos e clássicos mais populares da Região Sudeste:

Feijoada

Talvez, o mais popular e conhecido prato da gastronomia do Sudeste. Aqui a feijoada é feita com feijão preto (em Portugal há uma versão com feijão branco), linguiça e generosos pedaços de carne, sendo possível fazer o prato tanto com carne de boi quanto com carne de porco. Couve refogada e a farofa são acompanhamentos indispensáveis para uma feijoada!

Pão de queijo

Considerado um patrimônio gastronômico mineiro, o pão de queijo é, sem dúvidas, uma das comidas mais conhecidas da região sudeste. É possível encontrar pão de queijo em qualquer estado brasileiro, porém, o fato de Minas Gerais ser o estado detentor de qualidades de queijos premiadas mundialmente faz toda a diferença no preparo.

Virado à Paulista

O Virado à Paulista é um prato com origem nos tempos do Brasil Colônia. Historiadores apontam que as primeiras referências a esse prato remetem ao ano de 1600. Popular em pequenos e grandes restaurantes de São Paulo, o Virado à Paulista também é conhecido como PF (prato feito). Sua base é o arroz e o feijão. A partir daí é possível incluir de tudo um pouco: ovo, bisteca, linguiça, torresmo, salada e até banana!

Filé à Oswaldo Aranha

Típico do estado do Rio de Janeiro, o Filé à Oswaldo Aranha tem esse nome em homenagem a um político que, na realidade, era gaúcho. Oswaldo costuma almoçar na região da Lapa entre os anos 30 e 40 e sempre pedia esse prato. Esse item da culinária da Região Sudeste é composto de farofa, arroz, batatas portuguesas e, claro, um contra-filé com quantidades generosas de alho frito.

Feijão tropeiro

Na Região Sudeste, especialmente no estado de Minas Gerais, o feijão tropeiro, apesar de ser um prato completo, é considerado um lanchinho. Por exemplo, é muito comum que as pessoas preparem esse prato para levarem para clubes, um fim de semana em rios e cachoeiras e até para os estádios de futebol.

A receita pode variar um pouco, no entanto, é muito comum que o feijão tropeiro seja feito com linguiça, torresmo, ovo, bisteca, couve, temperos diversos e, claro, uma boa farinha de mandioca. O nome vem dos tropeiros – pessoas que transportavam mercadorias e alimentos durante o período colonial. A mistura surgiu como uma forma fácil de se alimentar em viagens difíceis com uma comida que oferecesse boas doses de energia ao corpo.

Quer conhecer a gastronomia do Sudeste e de qualquer outra região do Brasil?

Torne-se um associado do Clube Candeias e tenha acesso a uma série de benefícios, tais como, descontos, programa de recompensas, rede integrada com mais de 500 mil opções em hospedagens no mundo todo, unidades próprias em diversas cidades brasileiras e atendimento 5 estrelas.

Saiba mais aqui.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?