Que tal uma viagem para Bagé?

No sul gaúcho, divisa com o Uruguai, a cidade de Bagé é refúgio de imensas belezas naturais, históricas e culturais. A rainha da fronteira, como é conhecido o município, foi fundamental para a história gaúcha e preserva esse legado em sua cultura, paisagens, arquitetura, festas e demais patrimônios. O local é garantia de passeios incríveis para amantes da cultura e apreciadores da natureza.

Confira alguns destinos imperdíveis para você conhecer em Bagé:

Rincão do Inferno

Apesar do nome, o Rincão do Inferno está muito mais próximo do paraíso na terra. O local é marcado pela mistura de formação rochosa com a vegetação dos pampas e possui sua natureza praticamente intocada. O local possui uma trilha que leva a um inacreditável vale entre os paredões de terra, por onde flui o rio Camaquã.

O Rincão do Inferno está a cerca de 90 km de Bagé. O local fica dentro da comunidade quilombola de Palmas e é preservado por uma família que reside lá.

No Rincão é possível acampar, fazer trilha, contemplar uma bela paisagem panorâmica, nadar no rio Camaquã. O local é o típico turismo raiz: boa parte do trajeto se dá por uma estrada de terra, a natureza está muito bem preservada e há pouca infraestrutura. Para visitar é importante levar em conta o famoso lema presente em tantos lugares deslumbrantes: não tirar nada além de fotos, não deixar nada além de pegadas e não levar nada além de lembranças.

Centro Histórico Villa de Santa Theresa

O local foi uma verdadeira vila dentro de uma antiga propriedade rural produtora de charque no final do século XIX, com teatro, igreja e diversas propriedades. Atualmente, encontram-se algumas edificações em ruínas e outras restauradas, como a capela de Santa Theresa.

A Villa é visitada pela beleza da arquitetura e pelo amplo gramado, ideal para ficar com a família, fazer piqueniques e contemplar o pôr do sol.

Cidade Cenográfica de Santa Fé

O palco da série O Tempo e O Vento, filmado em 2012, foi construído em Bagé e as edificações permanecem abertas para visitação até hoje. Quem visita o lugar volta ao tempo e se transporta à fictícia cidade de Santa Fé, palco de diversos livros de Érico Veríssimo, como o clássico Um Certo Capitão Rodrigo.

A cidade cenográfica é um ótimo entretenimento em família e é destino obrigatório para quem é fã do escritor gaúcho.

Museu dom Diogo de Souza

Um imponente e gracioso casarão do século XIX abriga um vasto museu de história brasileira e gaúcha. O Museu Dom Diogo de Souza possui cerca de 2 mil peças, de diversas épocas, que remonta desde a cultura dos índios nativos do Rio Grande do Sul até episódios historicamente recentes, como a Revolução Federalista.

O museu também abriga mais de 15 mil fotos históricas, além de documentos, cartas, jornais e outros objetos de valor histórico.

Viaje com o Clube Candeias

O Clube Candeias é o melhor aliado para você se encantar com as belezas do Rio Grande do Sul. O Clube conta com duas unidades próprias no Estado, o Candeias Residencial Barzotto, em Capão da Canoa, e o Candeias Alineville, em Canela.

Ambas possuem as acomodações que você e sua família merecem para curtirem o melhor da praia e da serra gaúcha. Além das unidades próprias, o Clube Candeias tem mais 500 mil opções de hospedagem pelos cinco continentes em sua rede integrada.

Clique aqui e saiba mais.




Gostou deste artigo? Deseja receber mais conteúdos como este?